Ministros do Meio Ambiente latino-americanos fecham acordo para acelerar proteção ambiental

No dia 12 de Outubro, Ministros do Meio Ambiente e representante de países da América Latina e do Caribe fecharam acordo em Buenos Aires, com o objetivo de intensificar os esforços para reduzir o lixo marinho, acelerar a ação climática, potencializar a cooperação para a conservação da biodiversidade e dos ecossistemas e transitar para produção e consumo sustentáveis.

Na 21ª Reunião do Fórum de Ministros do Meio Ambiente da América Latina e do Caribe, os representantes de 28 países adotaram a Declaração de Buenos Aires e aprovaram quatro acordos para enfrentar os principais desafios ambientais da região nas áreas de mudanças climáticas, poluição, biodiversidade e ecossistemas, e eficiência de recursos.

A reunião abordou a preocupação dos ministros com os resultados do relatório especial publicado pelo Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática, que expôs as diferenças entre os efeitos de um aquecimento global de 1,5°C ou de 2°C até o fim do século.

Os ministros concordaram em fazer maiores esforços para implementar planos nacionais e regionais contra o lixo marinho através de restrições ao plástico, além de fortalecer novas políticas que favoreçam os padrões de produção e consumo sustentável.

Foi realizado, também, um chamado a todos os países a criarem e expandirem as áreas protegidas para alcançar as Metas de Aichi do Convênio sobre a Diversidade Biológica para 2020 e aumentar qualidade da conservação.

 

Fonte: ONU.